Código de Ética

1. INTRODUÇÃO

A RIAT é uma empresa que atua no segmento de cuidado humano, com o objetivo de crescer, dentro de princípios éticos, buscando a satisfação de seus clientes e instituições afins, atendendo de maneira responsável a seus pacientes, bem como prestadores de serviços, buscando sempre manter uma sólida reputação, consciente de sua responsabilidade social e ambiental. Suas atividades devem sempre ser orientadas pela integridade, confiança e lealdade, bem como pelo respeito, valorização do ser humano, sua privacidade, individualidade e dignidade, sem preconceitos e formas de discriminação, gerando um ambiente de amor e empatia.

2. OBJETIVO

Este Código de Ética visa solucionar problemas relacionados a: (i) cumprimento das regras de convivência no local de trabalho, sem distinção de hierarquia, áreas ou funções desempenhadas; (ii) a transparência das operações em geral; (iii) a segurança das atividades dos profissionais envolvidos; e (iv) a segurança e confidencialidade das informações que devem ser protegidas por confidencialidade.

3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO

O Código de Ética inclui diretrizes para conduta baseada em padrões éticos e morais que servirão de referência para o comportamento de todos os prestadores de serviços, internos e externos, e sua aplicação a todos em RIAT, no exercício de suas funções, incluindo prestadores de serviços, provedores e parceiros de negócios que estão vinculados à instituição.

4. DIVULGAÇÃO

Este Código de Ética estará disponível ao público no site da empresa em https://www.riat.com.br para que todos possam consultar a qualquer momento, e o representante legal da empresa é responsável por: (i) garantir a conformidade com este Código de Ética; (ii) informar os novos participantes sobre o Código de Ética, mantendo um registro de seus conhecimentos e concordância; (iii) promover a ampla divulgação do Código e suas atualizações ao pessoal, clientes, prestadores de serviços e prestadores de serviços da Companhia; (iv) esclarecer dúvidas e verificar o entendimento do conteúdo e da aplicação.

5. NOSSOS VALORES

  • Respeito pelas pessoas.

  • Responsabilidade social e cidadania.

  • Integridade profissional e pessoal.

  • Transparência nos processos.

  • Orgulho de trabalhar com a RIAT.

  • Gosto por desafios.

  • Igualdade de gênero, raça e religião.

  • Compromisso com resultados terapêuticos.

  • Competência técnica.

  • Confiança e credibilidade.

  • Confidencialidade e segurança da informação.

6. PRINCÍPIOS ÉTICOS

Os diretores e prestadores de serviços da RIAT baseiam suas ações nos seguintes princípios, em relação aos diversos setores da sociedade, garantindo:

6.1 PARA OS CLIENTES

6.1.1 Profissionalismo, confiança e transparência;

6.1.2 A disponibilidade de soluções que agregam valor aos negócios de seus clientes, investindo permanentemente na busca de tecnologias adequadas e no aprimoramento de estratégias comerciais;

6.1.3 Valorizar e respeitar o cumprimento de acordos e contratos, bem como os direitos de seus clientes;

6.1.4 A valorização de oportunidades de negócios e parcerias criadas com seus clientes, com o objetivo de obter resultados em benefício da sociedade;

6.1.5 A identificação, proposta e viabilidade de soluções inovadoras e integradas que ajudam a fortalecer a legitimidade e o apoio de seus clientes.

6.2 PARA OS ORGANISMOS GOVERNAMENTAIS

6.2.1 Reconhecimento do papel e apoio ao desempenho das agências de controle, fornecendo-lhes informações relevantes e confiáveis ​​no momento apropriado;

6.3 ÀS PESSOAS

6.3.1 Manter um ambiente de trabalho onde o relacionamento se baseia em profissionalismo, confiança, cooperação, integração, respeito pelas diferenças individuais, empatia e carinho;

6.3.2 A troca de conhecimentos e experiências, buscando aprimorar o treinamento técnico, métodos e processos, para alcançar um melhor resultado terapêutico para os pacientes;

6.3.3 Valorizar as pessoas, contribuindo para o seu desenvolvimento pessoal, técnico e profissional;

6.3.4 Zelo permanente pelo uso adequado e econômico dos recursos materiais, técnicos e financeiros da Companhia;

6.3.5 Preservação e respeito à imagem, ativos e interesses da Companhia;

6.3.6 O reconhecimento e valorização do capital intelectual da Companhia e a promoção do surgimento de novos líderes;

6.3.7 Valorizar e incentivar a conduta ética individual e coletiva.

6.4 PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS

6.4.1 Legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência em todos os atos praticados;

6.4.2 Manter um relacionamento baseado no respeito mútuo, preservação e confidencialidade das informações relevantes para a Companhia e seus clientes;

6.4.3 Relacionamento com fornecedores e parceiros que tenham práticas em harmonia com o padrão ético adotado pela RIAT e com a moralidade social;

6.4.4 O estabelecimento de associações, desde que a imagem e os interesses da RIAT sejam preservados; e

6.4.5 Rejeição de disposições contratuais que afetam ou minimizam a dignidade, a qualidade de vida e o bem-estar social.

6.4.6 Vocês são os que passam mais tempo com o paciente, muitas vezes é gerado um espaço íntimo, com base nisso, apresente-se de maneira asseada, mantenha uma postura consistente, com educação e cordialidade, cuide do espaço físico e da limpeza onde quer que esteja, use um vocabulário adequado.

6.4.7 Servir como modelo, na maneira em que essa forma de relacionamento implica é ser um guia, principalmente com pacientes menores, portanto não fume e cuide da vestimenta utilizes (transparências, roupas curtas e etc.);

6.4.8 Não fale sobre seus problemas pessoais;

6.4.9 Em qualquer situação duvidosa, pense nos conceitos de ética, técnica e prudência;

6.4.10 Atenção e foco: Embora possa ocorrer uma distração, mantenha o foco e a atenção no paciente.

6.4.11 Não organize nada fora do grupo WhatsApp de cada paciente. Fale tudo no grupo, para que todos tenhamos informações centralizadas, assim evitamos manipulações e conflitos;

6.4.12 Não providenciem suas substituições sem notificar os coordenadores. Discuta este tópico dentro do grupo de cada paciente em RIAT.

6.4.13 Evite usar o celular durante o atendimento;

6.4.14 Não permita que o paciente manipule o telefone celular do prestador de serviço;

6.4.15 Não tire fotos de seus pacientes ou de outros pacientes. Evite tirar fotos em geral.

6.4.16 Não intervenha com outros pacientes que estejam presentes.

6.4.17 Tente atender ao seu horário de plantão. Sempre que há mudanças, tudo é prejudicado, até mesmo o trabalho terapêutico. Por uma questão de responsabilidade e respeito, evite pedir para trocar de plantão;

6.4.18 Seja pontual; Muitos de seus colegas que estão disponíveis para ficar esperando, em geral têm outros plantões para atender, causando atraso em mais de um atendimento;

6.4.19 Avise com antecedência quando precisar de um dia livre; o ideal é 48 horas de antecedência;

6.4.20 Ao enviar relatórios, seja claro, use pontuação e evite erros de ortografia. Dessa maneira, é mais fácil lê-los e não há espaço para erros de interpretação de cada um;

6.4.21 As informações dos grupos de cada paciente são confidenciais, não fale sobre os relatórios ou os grupos do WhatsApp na frente dos pacientes, nem fale sobre o conteúdo dos mesmos com o paciente e/ou sua família e não permita que eles acessem essas informações;

6.4.22 Use os espaços de supervisão, estamos sempre disponíveis e é um prazer realiza-la.

6.4.23 Faça terapia.

6.5 ÀS REPRESENTAÇÕES DE ACOMPANHANTES TERAPÊUTICOS, ASSOCIAÇÕES E INSTITUIÇÕES

6.5.1 Reconhecimento da legitimidade e manutenção de um diálogo permanente com as instituições representativas dos prestadores de serviços legalmente estabelecidos, mantendo canais de diálogo baseados no respeito mútuo, seriedade, responsabilidade e transparência nos relacionamentos;

6.5.2 Negociação como instrumento adequado para buscar integração e convergência; e

6.5.3 Cumprimento das determinações especificadas nos instrumentos que regulam o relacionamento da Companhia com seus prestadores de serviços.

6.6 À COMUNIDADE

6.6.1 O estabelecimento de relações justas e equilibradas com a comunidade, por meio do incentivo, promoção, apoio e participação em ações de responsabilidade social e cidadania;

6.6.2 Incentivo, apoio e participação em ações governamentais voltadas ao desenvolvimento social e ao combate à pobreza; y

6.6.3 Estimular as iniciativas socioculturais e esportivas de seus prestadores de serviços.

7. CÓDIGO DE CONDUTA EMPRESARIAL

Os diretores e prestadores de serviços da RIAT devem orientar seu comportamento de acordo com este Código de Conduta Comercial, nos termos detalhados abaixo.

7.1 Manter uma conduta aceitável para funcionários e prestadores de serviços da RIAT:

7.1.1 Preservar e cultivar a imagem positiva da empresa;

7.1.2 Vender, nas instalações da Empresa, apenas produtos e serviços de propriedade e de interesse da RIAT;

7.1.3 Desenvolver condições favoráveis ​​ao estabelecimento de um ambiente produtivo e agradável no ambiente de trabalho;

7.1.4 Trate as pessoas e suas ideias com dignidade e respeito;

7.1.5 Proceder com lealdade, justiça e abertura nas relações de trabalho;

7.1.6 Preservar o bem-estar da comunidade, respeitando as características pessoais, a liberdade de opinião e a privacidade de cada um;

7.1.7 Agir de forma clara e leal em defesa dos interesses da RIAT;

7.1.8 Apresentar-se adequadamente para o desempenho de seus deveres e atividades na Empresa;

7.1.9 Evite usar influências internas ou externas para obter vantagens pessoais e funcionais;

7.1.10 Evite usar a posição RIAT, a posição de confiança ou o status de provedor de serviços para obter benefícios para você ou terceiros;

7.1.11 Use os recursos da RIAT apenas para fins de interesse da Companhia;

7.1.12 Contribuir para o bom funcionamento de toda a empresa, evitando atos e atitudes que impedem, dificultam ou perturbam a prestação de serviços;

7.1.13 Rejeite brindes e/ou presentes de indivíduos e/ou entidades legais que tenham relações comerciais com a RIAT.

7.1.14 Não prepare e divulgue informações que reflitam reais posições econômicas, financeiras, operacionais, logísticas e outras e resultados que afetam o desempenho da Companhia;

7.1.15 Priorizar e preservar os interesses dos pacientes com clientes, órgãos governamentais, instituições financeiras, fornecedores, entidades e outras empresas com as quais a RIAT mantém um relacionamento comercial;

7.1.16 Ser acompanhado, por outro prestador de serviços, pelo chefe ou por um colega, ao manter qualquer relacionamento com um fornecedor ou parceiro que resulte ou possa resultar em um contrato que satisfaça o interesse ou a necessidade da RIAT;

7.1.17 Fornecer estrito cumprimento das diretrizes e conduta estratégica dos negócios, assumindo um papel de confiança na Empresa; e

7.1.18 Renuncie ao exercício da função de confiança à qual foi atribuída, quando houver dissonância com as diretivas e as diretivas comerciais estratégicas.

7.2 CONDUTA INACEITÁVEL PARA DIRETORES E PRESTADORES DE SERVIÇOS

7.2.1 Reivindicar benefícios ou vantagens pessoais para você ou terceiros como resultado de um relacionamento comercial ou financeiro estabelecido em nome da RIAT com clientes, agências governamentais, instituições financeiras, fornecedores, entidades e outras empresas com as quais a RIAT mantém esse relacionamento;

7.2.2 Ser um conivente ou omisso em relação aos erros e violações deste Código de Ética e das atuais disposições legais e regulamentares;

7.2.3 Realizar outras atividades profissionais durante o horário de atendimento, com ou sem fins lucrativos, ou mesmo, independentemente da compatibilidade do horário, realizar atividades que constituam prejuízos, concorrência direta ou indireta com as atividades da RIAT;

7.2.4 Exercer qualquer tipo de discriminação contra pessoas por razões econômicas, sociais, políticas, religiosas, de cor, raça, sexo, gênero, orientação sexual e nacionalidade;

7.2.5 Permita que perseguições, simpatias, aversões, caprichos, paixões ou interesses pessoais interfiram em seus relacionamentos profissionais;

7.2.6 Danificar deliberadamente a reputação de um prestador de serviço da Empresa ou de qualquer outro profissional com quem o RIAT mantenha um relacionamento comercial;

7.2.7 Danificar deliberadamente a reputação de clientes, agências governamentais, fornecedores, entidades e outras empresas com as quais a RIAT mantém um relacionamento comercial;

7.2.8 Pleitear, solicitar ou receber presentes ou vantagens de qualquer natureza, para você ou para terceiros, além da mera insinuação ou provocação pelo benefício que se dê, em troca de concessões ou privilégios de qualquer natureza com a RIAT;

7.2.9 Priorizar e preservar os interesses pessoais de clientes, agências governamentais, instituições financeiras, fornecedores, entidades e outras empresas, em detrimento dos interesses da RIAT;

7.2.10 Obter vantagens, para você ou para terceiros, devido ao acesso privilegiado às informações da RIAT, mesmo que não causem danos à Empresa;

7.2.11 Utilizar em benefício próprio ou de terceiros, documentos, obras, metodologias, produtos, ferramentas, serviços e informações de propriedade da RIAT ou de seus clientes e fornecedores, exceto por determinação legal ou judicial;

7.2.12 Manifestar-se em nome da Empresa, por qualquer meio de divulgação pública, quando não autorizado ou habilitado para fazê-lo;

7.2.13 Fazer uso inadequado e antieconômico dos recursos materiais, técnicos e financeiros da Companhia;

7.2.14 Impedir ou dificultar a investigação de irregularidades cometidas na Companhia;

7.2.15 Alterar ou deturpar o conteúdo de qualquer documento, informação ou dado que seja de responsabilidade da Empresa ou de terceiros;

7.2.16 Facilitar ações de terceiros que resultem em perda ou dano à Empresa;

7.2.17 Gerar qualquer tipo de confusão patrimonial entre os ativos da Companhia e seus próprios ativos, independentemente de advirem vantagens pecuniárias dessa confusão; e

7.2.18 Permanecer no exercício da função de confiança à qual foi atribuído, quando houver dissonância com as diretrizes e orientações estratégicas empresariais.

8. CONFORMIDADE COM O CÓDIGO DE ÉTICA

Em caso de dúvida sobre a conduta correta a ser adotada, o prestador de serviços deve procurar ajuda de maneira sincera e transparente.

Qualquer situação que possa caracterizar um conflito de interesses ou fatos que possam prejudicar a Empresa ou que contrarie os princípios deste Código deve ser comunicada imediata e formalmente ao Representante Legal da Companhia.

A Companhia garante confidencialidade na condução desses assuntos e o compromisso de investigar os casos relatados.

As situações não explicadas aqui serão tratadas como uma exceção e serão enviadas ao Representante Legal da Companhia, que analisará e decidirá dentro dos princípios deste Código.

Este Código de Ética reflete os valores e a cultura da RIAT, sua conformidade revela o compromisso com o profissionalismo e a transparência em todas as nossas ações no trabalho.

O não cumprimento do Código de Ética sujeitará os prestadores de serviços a ações disciplinares, que podem até resultar em seu desligamento do paciente por essa causa e a processo legal, quando apropriado.

Qualquer pessoa que tenha um relacionamento direto ou indireto com a RIAT deve conhecer e zelar pelo cumprimento deste Código, tendo os mesmos compromissos éticos, independentemente do cargo que ocupe.

O não cumprimento de qualquer uma das práticas e/ou procedimentos descritos aqui pode influenciar a credibilidade da imagem institucional da RIAT, em relação aos clientes, ao mercado, aos órgãos reguladores e de supervisão, ao governo e à sociedade em geral.