Protocolo Covid-19

Não entre em pânico. Fazendo os procedimentos indicados, cuidando uns dos outros, podemos fazer parte da solução. Assim nos prevenimos, não deixamos de acompanhar quem mais precisa — e podemos continuar nossa vida da melhor maneira possível.

Devido ao contexto atual do Coronarus em todo o mundo, priorizamos o cuidado com a saúde, segurança e bem-estar de todos na RIAT, tanto pacientes quanto prestadores de serviços.

Para isso estamos acompanhando as novidades e recomendações do governo argentino, do Ministério da Saúde e de instituições internacionais, para se adequar às melhores práticas, criar novos parâmetros, para garantir a continuidade dos serviços aos quais estarão ainda mais vulneráveis.

Solicitamos a todos que leiam atentamente todas as informações abaixo, pois nesta situação todos os detalhes são extremamente relevantes.

Em primeiro lugar, o Coronavírus é causado por um vírus que é transmitido por meio de gotas de espirros e tosse, além do contato das mãos nos olhos, boca e nariz. Portanto, a medida mais importante para evitar o contágio e disseminação do vírus é a prevenção, por isso solicitamos que algumas medidas sejam adotadas:

  • Ao tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com o cotovelo dobrado.

  • Lave as mãos com água e sabão ou álcool gel.

  • Evite tocar seu rosto com as mãos.

  • Evite compartilhar bebidas, alimentos, pratos ou itens pessoais com ninguém.

  • Lave as superfícies de contato, como mesas ou maçanetas, com água e alvejante.

  • Evite o consumo de produtos de origem animal crus ou mal cozidos.

Adote novos hábitos de prevenção: não toque ou cumprimente as pessoas com apertos de mão, beijos ou abraços; não realize reuniões em ambientes fechados e assegure-se de que durem o menor tempo possível; Recomendamos que o espaço vago entre as pessoas seja equivalente a uma cadeira.

Se você não tiver contato direto com o paciente ou pessoa que retorna dos países listados pelo governo, nenhuma ação é necessária. Ou seja, contatos que não sejam de primeira linha não precisam ser acompanhados.

Todos devem estar vigilantes e não ir à guarda com o aparecimento de pelo menos um dos sintomas, que podem indicar a presença do Coronavírus, tais como: febre acima de 37,7 ° C, tosse ou falta de ar (semelhante a cansaço).


Os sintomas de Covid-19 são:

  • Febre.

  • Dor de garganta.

  • Tosse.

  • Muco.

  • Dificuldade para respirar.

  • Falta de ar.


Se isso acontecer, procure imediatamente entrar em contato pelos telefones:

  • C.A.B.A: 107.

  • Província de Buenos Aires: 148 e / ou 0221-4255437.


Evite locais e eventos com grande concentração de pessoas, conforme recomendação do Ministério da Saúde. Por esse motivo, adicionaremos eventos internos, como supervisões presenciais.

Reconhecemos o valor do contato pessoal com pacientes, familiares e outras pessoas, porém, devido ao contexto atual, evitamos encontros presenciais em que não existam protocolos claros de comunicação e prevenção.